segunda-feira, 11 de julho de 2011

Eu e a Astrid estávamos à porta do Mullens, mas afinal o Mullens era em frente... Ela pergunto-me qualquer coisa importante que não me consigo lembrar (porque entretanto fui acordada). Eu entrei dentro do pseudo-Mullens à procura dos livros de História e Geografia do 5º e 6º ano mas não havia. Vi o David entrar no verdadeiro Mullens, e Astrid e ele entreolharam-se, e ela fez um sinal com a cabeça, em relação a mim, do género "não te preocupes, ela não constitui uma ameaça". Isso incomodou-me.

Sem comentários:

Enviar um comentário